domingo, 28 de agosto de 2016

Enfim será sempre um tempo sem fim, um tempo que é só meu. Dizem os meus os meus amigos que sou desarrumado do quinto piso.... Até posso ser, mas hipócrita é que não sou. O que sou, sou eu mesmo, transparente, vertical, sempre pronto para dar a mão a um amigo.
Só não posso ser aquilo que os outros queriam que fosse, isso é impossivel. Serei eu no meu ser na minha concessão de viver a natureza tal como ela é....
O que pensa que anda a fazer o nosso primeiro-ministro?????
O que quer fazer , realmente, do nosso país?
Quer um país à Obama? Quer um país à Raúl Castro ou que raio de país quer ele para Portugal???Andamos com défice para frente , défice patra trás, medidas para agradar à geringonça.... Vamos cair numa nova receção, e a culpa vai ser de quem tentou endireitar o país, não é verdade Senhor António Costa? Desculpe que lhe diga, mas V. Exa. não tem nenhum projeto a médio e a l...ongo prazo para Portugal. V. Exa. só sabe pavonear-se perante os médias, é coisa de que gosta mais, sente-se realizado, com essa combada de incompetentes, que vivem do sensonalismo.
Agora diga-me: - Lisboa, Porto, Braga, e o resto do país, o interior.... esqueceu-se dele? Penso que nunca estudou um pouco de história de Portugal, ou então, esqueceu-se drasticamente.
Pense um pouco na revolução industrial!!! Quem alimentava LIsboa , Porto, Braga???? O interior , os agricultores pobres que eram e continuam a ser explorados por essa cambada que vive nas grandes metrópoles.
Senhor António Costa, pensa Portugal como um todo e não um nicho.
Quito Arantes (escritor)

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

COMO PENSO QUE ESTAMOS NUM PAÍS COM LIBERDADE DE EXPRESSÃO, MUITO EMBORA SE FAÇA REPRESSÃO ECONÓMICA A TODA A HORA E MOMENTO, VOU TER QUE VOLTAR A FALAR DO NOSSO PRESIDENTE DA REPÚBLICA DR. PROF. MARCELO REBELO DE SOUSA.
- NÃO BASTA SER PRESIDENTE DOS AFETOS E DOS ABRAÇOS MEDIATOS, É PRECISO QUE SUA EXCELÊNCIA, DESÇA AO PAÍS REAL. AOS DESEMPREGADOS DE LONGA DURAÇÃO, AOS SEM ABRIGO, AOS TOXICÓMANOS, ÀS MULHERES VIOLENTADAS PLEOS MARIDOS IMPUNES, OU IMPUTÁVEIS. LINDAS PALAVRA...S NÃO É V. EXA.? MAS O PROFESSOR NÃO TEM FEITO ABSOLUTAMENTE NADA DE NADA PARA COMBATER ESTES FLAGELOS. IMPONHA A SUA AUTORIDADE MÁXIMA DO NOSSO PAÍS. OBRIGUE ESTES SOCIALISTAS DE GAVETA A TOMAR MEDIDAS DRÁSTICAS, ACABAR COM AS MORDONOMIAS.... AH!!!! ISSO É COMPLICADO NÃO É SENHOR PRESIDENTE, ATÉ AO SENHOR LHE DÓI, NÃO É VERDADE?
UMA PESSSOA QUE PASSOU ANOS AFIO A DISPARAR CONTRA A DIREITA E CONTRA A ESQUERDA NOS SEUS COMENTÁRIOS TELEVISIVOS, JÁ ERA TEMPO DE PÔR O PAÍS EM ORDEM... NÃO É VERDADE SENHOR PRESIDENTE???

Q.A.

Precisa-se de colaboradora

Bom dia !
Pretendo contratar uma colaboradora, com idade acima dos 35 anos para colaborar comigo na elaboração, comercialização de licores, a empresa chama-se LICORES DO LABOREIRO e está sediada em Castro Laboreiro
Importante ter carta de condução, não são requeridas habilitações literárias.
No momento imediato oferece-se alojamento gratuito e alimentação.
Meu nome é Francisco Arantes, e sou proprietário da microempresa.
Os projetos para fazer crescer a empresa estão em curso com IEFP, não tem aparecido candidatas a confiar no projeto.
Não se pode querer mundos e fundos logo no inicio.
TENTE, ARRISQUE, PODE SER QUE ESTEJA AQUI A SUA E A MINHA SORTE EM REALIZAR NOSSOS SONHOS PROFISSIONAIS.

ISTO NÃO É NENHUMA FRAUDE!!!
NIF: 157373002
Francisco Manuel Matos Arantes
Lugar de Portelinha
4960-082 Castro Laboreiro

Enviar curriculum para analise.
Pode ser enviado por e-mail para quito.arantes@outlook.pt
Contactos: 251466044
Telemóvel 966629225

Cumprimentos,
Francisco Arantes
Licores do Laboreiro



 

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

António Mexia, administrador executivo da EDP, empresa que foi privatizada, sobre recursos naturais que são de todos os portugueses, como a água e o vento.
A EDP tem lucros de mil milhões de euros anuais. Mas que merda é esta? Vende-se o país? Aos especuladores económicos?
Os recursos naturais são de todos nós contribuintes que pagam os seus impostos. Este António Mexia não é poretuguês é um traidor de Portugal. Obsecado pelo dinheiro, mas certamente não o vai levar para o outro mundo e o mal que ele está a fazer aos portugueses, vai pagá-lo, mas neste mundo... ai vai , vai.
Gostava de fazer uma pergunta ao nosso primeiro ministro de "socialismo na gaveta". - Então não era suposto o ensino ser gratuito? Não é isso que os socialista tanto apregouam?
Então as familias com filhos vão gastar em média 473,00 € em material escolar. Mas que raio de socialismo é este? Por favor, Senhor primeiro ministro de uma geringonça sem pés nem cabeça, ponha a mão na consciência, e de uma vez por todas, lute pela igualdade de oportunidades, pela liberdade de expressão que é castrada com impostos e diretrizes facionadas.
Largue o seu carro pago pelos contribuintes, dê o exemplo vá no sue carro para o trabalho. Não seja mais um dos convencidos que acham que são mais de que um cidadão comum. Desça à terra, olhe as pessoas que estão a sofrer. Seja um cidadão de que nos poderemos orgulhar no decorrer da nossa história.
Temos portugueses a sofrer, humilhados, e injustiçados. Olhe bem para isso, e se o Senhor Primeiro ministro cumprir até eu virarei socialista.
Q.A.
 
Aproveito para dar os parabéns aos amigos Elisabete Lima e Alberto Enes pela iniciativa, que correu muito bem, bastante concorrida, e que teve a presença da Dr.ª Luísa Gomes responsável da Câmara Municipal de Melgaço, que contactou todos os expositores da feirinha.
É de enaltecer estas iniciativas de divulgação dos produtos regionais e artesanais do concelho.
Que venham mais destas iniciativas!!!!!

quinta-feira, 18 de agosto de 2016


A famosa Azinheira que existia na entrada de Barcelinhos, junto à Capela, deixa-me certas recordações, como as noites de S. João, onde bonitas cascatas era construídas. Não sei se realmente estava doente, é possivel, devido à idade centenária e maus cuidados com a sua saúde.
Ficam aqui duas fotos tiradas por mim para recordar um símbolo de Barcelinhos.
Que a nova Azinheira cresça com mais saúde e cuidados pelas gerações vindouras.
Q.A. (escritor)

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Certo dia, há muito, muitos anos atrás, talvez tivesse dezanove anos, estava com uma depressão de "caixão à cova". Naquele tempo a palavra depressão era aplicada a quem enlouquecia. O que não era verdade. Ignorância de um povo atrasado no tempo.
Perguntei aos meus pais, que nessa altura deviam ter a idade que tenho agora, - O que seria de mim quando eles partissem para irem ter com Deus?
Com ternura o meu pai respondeu: - Tudo se irá resolver, ainda és novo para pensares nisso.
Agora que tenho a idade dos meus pais aquando dessa altura, penso que a vida nos vai ensinando como havemos de comportar-nos perante as adversidades.
Com os ensinamentos dos meus pais aprendi a não ter medo da morte, e a saber que estamos numa breve passagem por este planeta que o homem vai destruíndo dia para dia.
Entristeste-me que miúdos como o meu sobrinho, não tenham um futuro promissor, que possivelmente não vão ter a mesma possibilidade de um dia irem pela estrada e encontrarem animais selvagens...
 
Quito Arantes (escritor)

terça-feira, 9 de agosto de 2016

Empresa comercializadora de energia Endesa, recusa-se a efetuar os descontos da tarifa social que muitos clientes têm direito.
Mesmo após a segurança social afirmar que esses mesmo clientes têm esse direito perante a lei, continuam no jogo do empurra.
Aliás contratam pessoas especializadas para cortar conversa sobre o assunto.
 
Estamos a assistir a questões que a Empresa Endesa não cumpre a lei Portuguesa, prejudicando os mais desfavorecidos.
Urgente que esta situação seja do domínio público com respetiva denúncia às autoridades competentes.
DGEG -  Direção Geral de Energia e Geologia, órgão do Estado também está implicada nesta fraude.

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Estas pessoas não são os teóricos de barrigas encostadas aos balcões de alguns cafés. São gente que trabalha arduamente na apanha do feno que irá levar alimento... aos seus animais. São saberes ancestrais que devemos respeitar com todo o carinho.
Tenho vindo a assistir nos últimos tempos a alguma gente que tem muita teoria de trabalho, mas prática muito pouca. Tenho aprendido neste meu novo paradeiro que quanto mais bondade damos às pessoas, mais elas se enciúmam por não conseguirem fazer o mesmo. E, isso é muito triste. Nós devemos ter consciência das nossa limitações e não encarar isso como uma fraqueza, mas sim como uma condição natural. A natureza nos fez assim.
Quero assim fazer a minha sincera homenagem à gente do campo que ainda trabalha a terra. Pequenos produtores deviam ser acarinhados pelo poder local, dar-lhes todas as condições para que o humos da terra fértil lhe leve as melhores colheitas.
Q.A.

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

DGEG - Direção Geral de Energia e Geologia, começou a retirar tarifas sociais de energia a reformados por invalidez. QUE RECEBEM MENOS DE 300,00 EUROS POR MÊS
GOVERNO FECHA-SE EM COPAS E NADA DIZ SOBRE ISTO.
SERÁ ISTO O SOCIALISMO DA CATARINA MARTINS E JERÓNIMO DE SOUSA?
A PERSEGUIÇÃO POLITICA JÁ COMEÇOU, SÃO ESTES SOCIALISTAS DE ESQUERDA E EXTREMA ESQUERDA QUE FALAM EM LIBERDADE? ONDE ESTÁ A LIBERDADE DE EXPRESSÃO, QUANDO É O GOVERNO QUE DESCAPITALIZA OS MAIS FRAGEIS.
O SENHOR MARCELO REBELO DE SOUSA ANDA A DORMIR NA FORMATURA. PORQUE SE TIVESSE ELES NO SITIO NO DIA 1 DE JULHO TINHA DEMITIDO ESTE GOVERNO FANTOCHE.