sábado, 30 de outubro de 2010

domingo, 24 de outubro de 2010

O SONHO

O Sonho


Julgar-se-ia bem mais correctamente um homem por aquilo que ele sonha do que por aquilo que ele pensa

" Os Miseráveis"

Victor Hugo

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Preservar o ribeiro de S. Salvador de Campo - Barcelos

Corpo docente e alunos da EB 1 de Campo

Numa campanha de sensibilização da população para a importância de proteger o ambiente e a água, fonte de riqueza esgotável.

Este lugar que sofreu modificações, tornado um espaço de beleza singular, tem sofrido agressões ambientais, que as crianças de Campo, querem preservar para o seu futuro, em harmonia com a natureza.






segunda-feira, 18 de outubro de 2010

CASA DO MENINO JESUS - Pereira - Mirandela

Estas são as minhas amigas do coração.
Há 35 anos que visito esta instituição que tem uma obra notável contra todas as adversidades.
DEUS é GRANDRE

sábado, 16 de outubro de 2010

Exposição itinerante 2 OLHARES - Escola Secundária de Barcelos





A exposição de fotografia, 2 Olhares dos fotógrafos Quito Arantes e Sofia Carvalho, tomou a dimensão itinerante.

A ideia partiu da coordenadora da biblioteca da escola secundária de Barcelinhos, Prof.ª Florinda Bogas, que ao visitar a primeira exposição destes fotógrafos barcelenses, na biblioteca municipal de Barcelos, patente durante o passado mês de Julho. Depois de vários contactos com os corpos docentes dos agrupamentos de escolas de Barcelos, começou a tomar formas esse projecto.

Está a decorrer até à próxima quarta-feira, na biblioteca da escola secundária de Barcelos, a 3ª exposição 2 Olhares, sob a coordenação da Prof.ª Bibliotecária Luciana Gomes, que em conjunto com o director desta Escola, Jorge Saleiro e a Prof.ª Glória Cardoso de Ciências Sociais e Humanas, louvaram esta iniciativa, tanto artística como pedagógica para os alunos e publico em geral.

Os dois fotógrafos, realçaram a importância das emoções visuais nos vários contrastes fotográficos.

Ouve uma interacção entre os intervenientes, fotógrafos, professores e alunos, sobre o mundo da fotografia, tanto da era analógica como digital.

Esta exposição itinerante 2 Olhares, seguirá o seu caminho, agora para a Escola Henrique Medina em Esposende, prevista para daqui a quinze dias.




sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Castro Laboreiro - Melgaço

Peso
Formarigo de cima

Moínho de água a caminho das brandas

Inverneira: Cainheiras


Brandas e Inverneiras


Os povos castrejos têm duas aldeias, cada família tem duas casas, uma na Inverneira outra na Branda.


O que é uma Inverneira?

É uma aldeia onde passam o inverno, fica situada a mais baixa altitude que a Branda, em vales abrigados.
Normalmente deixem da branda no princípio de Dezembro - onde fazem a matança do porco, já na Inverneira, permanecendo até Março.
A Páscoa , normalmente já é passada na Branda.


O que é uma Branda?

É a aldeia de altitude, onde fazem as sementeiras, onde passam a maior parte do ano.
Dizem que as águas são melhores, são zonas frescas no Verão, as pastagens são mais verdes.
Semeia-se centeio e a batata Os bovinos de raça Barrosã causam a nossa admiração Os rebanhos são de cabras guardados por cães castro laboreiro, raça autóctone identificada e estudada pelas grande estudioso do P.ª Aníbal Rodrigues, pároco de Castro.

Na mudança os castrejos levavam todos os seus animais, antigamente até a mobília
Agora já não é assim, visto que as duas casas estão condignamente equipadas.