segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Pelos olhos de um novo Povoador


Passou todo o verão, e os canteiros da ponta da estrada de Castro Laboreiro mantiveram-se no estado que as fotos documentam. Não foi por falta chamada de atenção, pois apesar do Senhor Presidente da Junta ter conhecimento destas coisas, e mesmo tendo-se falado pessoalmente com o Senhor Presidente da Câmara de Melgaço, e seu assessor, nada foi feito até ao dia de hoje.

Estes são os olhos que vêm estas coisas e que todos os dias, vai apanhando papéis do chão, que indisciplinados e sem gosto pela natureza e meio ambiente, vão deitando a esta terra paradisíaca.

Não posso crer que não haja recursos humanos, ou dinheiro para elaborar pequenos espaços verdes jardinados, porque não sei onde foram investidos os duzentos e cinquenta mil euros nesta freguesia, segundo fonte de terceiro. Aliás em Castro Laboreiro, terra de excelência no que respeita ao turismo de natureza, não existe um único jardim público.

Até posso vir a ser referenciado como persona não grata pela junta e pelo Município, mas se foi aqui que escolhi para viver, o resto da minha vida, e pago os meus imposto, lutarei sempre para viver em qualidade de vida, e que a sociedade castreja possa dignamente oferecer ao visitante o melhor da terra.

Isto nada tem a ver com política, tem a ver com sensibilidade ecológica, mesmo não sendo fundamentalista, que não o sou, quero o melhor para a terra que me acolheu.

Para terminar, fica só mais um apontamento deste desabafo; os particulares cuidam melhor dos espaços verdes do que as entidades oficiais, quer aceitem ou não, esta é a realidade.
Q.A.


Sem comentários:

Enviar um comentário