sábado, 6 de setembro de 2014


"Por vezes o sono atraiçoa-me, troco os dias pelas noites e as noites pelos dias, para muitas vezes nas páginas do Word, falar-te sobre mim. Nem sempre tenho o espaço que gostava de ter na minha imaginação, onde encontro alguém que lê os meus devaneios, transcritos de sentimentos do momento. Amiga, eu sou mesmo assim, serei sempre um sonhador, um poeta anónimo, um escritor em embrião."
 
Página 21 -  brevemente ao vosso dispor

Sem comentários:

Enviar um comentário