domingo, 11 de junho de 2017

A grande Caldeirada


Estamos numa grande cadeirada ideológica. A dita esquerda moderada governa-nos com os tiques estalinistas, maoistas e sem lá que mais... Uma grande caldeirada de ideias e idiotas que pensam ter ideias para um país mais justo. A dívida pública não para de aumentar, e estes iluminados, fazem querer aos portugueses que nunca vão ser chamados a pagar. Já tivemos três resgates e por este caminhar cedo virá outro, que os socialistas não vão ter a quem deitar as culpas.
Como exemplo da foto, esta caldeirada que nos governa a troca de favores da esquerda radical merecia um banho de calda de sulfato para termos uma colheita mais justa nos próximos anos. À que sulfatar esta geringonça perdida no estado de graça que Marcelo Rebelo de Sousa vai alimentando como nada se passasse.
Resguarde-se as nossa economias, porque os especialistas em gastar papel (PS), não investem nos cuidados de saúde, na educação, na segurança social. Assim é fácil cumprir metas orçamentais para Bruxelas, sem investimento público, e o país a ficar cada vez mais pobre, muita pobreza nas famílias. Não são rosas Senhor, é o pão que o povo precisa, são dois milhões de necessitados, meu Senhor...

Sem comentários:

Enviar um comentário