quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Senhor Primeiro Ministro e sua Geringonça!
Os Senhores que têm tanta sensibilidade social, porque não fazem algo em grande sobre os marginalizados, aqueles que vivem na rua com o titulo de sem abrigos?
Faz-me uma especie recambolesca ver a Catarina Martins largar postas de pescada sobre os direitos fundamentais dos cidadãos, mas nunca a vi perto de um sem abrigo dar-lhe uma palavra de esperança. De igual modo Jerónimo de Sousa, que quer ter o lema do defensor da classe operária, mas nunca vi ele às duas da manhã percorrer as ruas de Lisboa, falando com os sem abrigos.
Senhor António Costa, não basta dar a quem tem pouco, é preciso dar a quem não tem nada. Percebeu? Ou é preciso levá-lo para o terreno para ver a dura realidade?
Q.A.

Sem comentários:

Enviar um comentário