sábado, 19 de dezembro de 2015

Vou ser um pouco, arrogante e indelicado, mas por vezes, é preciso que certas pessoas leiam e interiorizem, a desilusão que nós sentimos, quando pedimos uma ajuda e é negada por desprezo e falta de competência, quando acham que o trabalho que efetuam é sempre mais importante do que simples coisas, que fazem toda a diferença, como cuidar do ambiente em que vivemos. Se nós não preservarmos o meio em que vivemos, não vamos passar de uns simples selvagens, que estão marimbando-se para o seu parceiro.
Deitar maços de tabaco par o chão que nós pisamos, é hediondo, é não ter o mínimo respeito pelas novas gerações que vão encontrar um planeta mais poluído, mais difícil de viver com saúde. Quem diz maços de tabaco vazios diz papeis, tudo que nos é dispensável.
Eu ainda não atingi o ponto ecológico, como pessoa, mas faço todos os dias um esforço para que isso aconteça.
Os ignorantes chama-me louco, até podem chamar-me o que quiserem, mas nunca poderão dizer nas maiores instâncias oficiais que eu não fiz o devido esforço para cuidar do ambiente.
Nunca se esqueçam; tudo se paga neste mundo, ninguém leva nada por pagar para o Além...
Q.A.

1 comentário:

  1. Nem mais!
    ... passei para desejar um Feliz 2016!
    beijinhos e saudades daqui :)
    mariam

    ResponderEliminar