quinta-feira, 4 de julho de 2013

Aquele abraço!!!

Aquele abraço prolongado, que acalorou, a minha virgem renuncia...
Enquanto que o Adeus, não der sangue pelas veias trémulas,
Fiquei contigo dançando com o que daí provia.
Agora, sou eu, és tu, somos nós e o que nossos corações quiserem...