sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Portelinha, meu Amor!


 
Em ti descanso minha alma, em ti respiro o meu futuro. Aqui escolhi o meu recanto entre gente singela e de corações do tamanho do mundo. Aqui o tempo torna-se meu amigo, aqui renasço para a vida em plena harmonia com a mãe natura.