segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Saída para o campo - Ameixoeira - Castro Laboreiro

 
Saiam todos para o campo, vacas, ovelhas e a Senhora dona dos seus animais.
Numa manhã solarenga de inverno, investem rua a baixo, alheios a quem passa, pois ali são seus territórios.
Ainda subsiste o pastoreio nestas terras serranas, onde o agreste, por vezes se torna bom conselheiro.
Nestes recantos raianos de Portugal, vive a memória de um povo, que resiste às mudanças do tempo.