segunda-feira, 6 de junho de 2011

NA ROTA DO SOL NASCENTE


Trazia a esperança em meu redor,


Todo a alma atormentada


Rugia as portas entre abertas.


Aqui fiquei eu, no tempo infinito


Do fundo do olhar.



Sem comentários:

Enviar um comentário