quarta-feira, 2 de março de 2011

O MAR, A TERRA, O CÉU

O MAR, A TERRA, O CÉU

O MAR, A TERRA, O CÉU

QUE MAIS POSSO ADMIRAR SE NÃO TU

QUE DÁS-ME FORÇAS

PARA EU LUTAR NESTE

MUNDO DE INFELICIDADES.

UM DIA PENSO QUE É

QUE É IMPOSSÍVEL TU AMARES ALGUÉM

COMO EU, MAS NOUTRO DIA

UMA SIMPLES PALAVRA TUA

FAZ-ME RESSUSCITAR A

ESPERANÇA DE UM MUNDO

JUNTO DE TI, VENDO A

TERRA, O MAR E O CÉU.

SERÁ O AMOR UMA UTOPIA

QUE PENSAS TU MINHA

FLOR DO CAMPO QUE

UM DIA APARECESTE NA

MINHA VIDA E QUE

PALAVRAS DE NADA SERVEM

PARA TU QUERERES QUE

NÃO ESTOU AQUI PARA

ENGANAR O MUNDO

QUE QUER FAZER DE

MIM UM HOMEM.

Quito Arantes 24/04/1995