terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

O Banco

"O Banco"
Gasto pelo tempo, deixa recordações de quem por lá passou.
Gente que se foi, que descansou o seu corpo e mente das amarguras da vida.
Gente que ainda anda por cá para recordar o quanto a vida levou.
Não é certamente um banco de juventude, nem um banco de fortuna, mas sim, um vestígio de vida rompida pelo tempo.

Sem comentários:

Enviar um comentário