terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Pitões das Júnias

Aproveitei para fotografar esta placa de um texto de Miguel Torga, que está na aldeia, para ver como o escritor diz tudo sobre a aldeia e suas gentes.
Mosteiro beneditino de Pitões das Júnias

Vista do extremo da aldeia com o rio Cávado no horizonte


Habitante de Pitões tecendo um pouco de linho, aproveitando o sol do inverno para se aquecer. Dias gelados que esta gente, humilde e muito simpática, suportam quase todo o ano.



Vista da aldeia de Pitões das Júnias num dia solarengo




Nascente gelada em pleno centro da aldeia